Thursday, January 18, 2007

Há tempos um ignaro de nome Arthur Arbítrio, que se intitula professor de Ética e Filosofia Política,me persegue com suas tonterías pelo orkut. Ele tem um blog. Comentarei vez por outras as bobagens que esse representante da mediocridade universitária tupiniquim escreve pela internet.

CORREIO ELETRÔNICO PARA OLAVO DE CARVALHO
Prezado Sr. Olavo de Carvalho, dito "filósofo":

O Prof. Olavo É filósofo sim. Quem assim o denominou foram Jorge Amado, a Academia Brasileira de Filosofia e o Jornal JB. Essa inssistência de seus detratores em negar-lhe sua condição de filósofo já está patética.
Ouvi o seu último Talkshow (próprio de quem faz auto-promoção) e fiquei estupefato com o desrespeito com que trata o eminente Dr. Emir Sader, doutor em ciência política pela USP, e a nossa Universidade Brasileira em geral.

Por quê quem faz um talkshow faz autopromoção??? Essa o inteligentíssimo prof. Não explica. E parece que esse professor acha que sua estupefação ante o “desrespeito” de Olavo de Carvalho ante Emir Sader e a Universidade tupiniquim seja alguma coisa. Não é. Seria preferível que ele se explicasse melhor.

Caso de ressentimento e inveja, creio eu. Além de falta de educação.

O Olavo já deve estar acostumado a ouvir julgamentos psicológicos deste teor. Criticar um figurão acadêmico é ‘ter inveja”. É preciso ser muito tosco para levar tal tese à sério. Mas muitos desses figurões o são, como bem o mostram as críticas que fazem ao trabalho do Olavo.
Mal-educado o Olavo também não foi. Mas tem gente que confunde franqueza com falta de educação.

Esse apego à formalidade da escrita é mesmo subterfúgio de quem quer se esquivar de discutir o conteúdo da matéria. A linguagem é dinâmica e pouco faz diferença se as palavras são acentuadas com rigor, e mesmo que existam pequenos erros ortográficos.

Escrever corretamente (não digo “ruibarbosianamente”) para o Prof. Arbítrio é um formalismo boboca. Boboca é esse professor, ao defender o analfabetismo de Sader ( muito bem percebido aqui pela Profª Norma Braga), sob a alegação de que o que importam são as idéias. As idéias de Sader são irrelevantes, como perceberão aqueles que lerem seus textos. E não há dinâmica lingüística que justifique erros tão crassos.
Deveria aprender um pouco com o Professor Pasquale Cipro Neto, grande estudioso da nossa língua, que nem por isso tem esse apego ao formalismo. Atitude típica de reacionário. Se Emir Sader escreveu Getulho ao invés de Getúlio, foi compreendido da mesma forma.

“Ser compreendido” é a função mais primária da linguagem. Mas o douto Prof. Arbítrio pretende que esse seja o nível da linguagem de um professor universitário e chefe de departamento.

E de que adianta o senhor ser tão formalista e ao mesmo tempo mal educado , utilizando palavras de baixo calão o tempo todo. Sua linguagem , no geral, é mais chula.

Como já apontei, exigir que se escreva “Getúlio” ao invés de “Getúlho” não é formalismo algum, exceto para uma mente tosca como a do missivista, que ainda vem posar de donzela ofendida com as palavras de Olavo de Carvalho.

E quanto às Universidades brasileiras, digo que é uma pena que o senhor não teve a oportunidade de seguir carreira em uma delas para compreender quanta gente séria e batalhadora tem doado suas vidas pelo conhecimento e a obra acadêmica.

Não deveria o Prof. ter pena de nada. O próprio Olavo já se felicitou muito por estar longe da Universidade tupiniquim. Os motivos ele os expressa freqüentemente em seus artigos na imprenssa, bem como em seu livro O Imbecil Coletivo, em três volumes , indispensáveis para se compreender a intelectualidade brasileira atual. Mas o professor fala como se nossas IES estivessem empinadas de bravos guerreiros da cultura e do saber, mas esquiva-se de citar seus nomes. Da minha parte, em meus tempos de universitário no Brasil, raras vezes vi algo de nível por ali. É tudo muito rasteiro, superficial. A alta cultura passa longe.

Com pouca verba, recebendo alunos mal preparados pelo segundo grau, mesmo assim, os professores não deixam de travar batalha diária para que o Brasil seja elevado em sua produção intelectual.

O Brasil é elevado em produzir bobagens com rótulo de cultura. Tome-se o exemplo disso as obras de Emir Sader, Renato Janine Ribeiro, Dalmo Dallari, Fernando Jorge, Marilene Felinto, Marilena Chauí, Leandro Konder, Gerald Thomas, entre outros, como bem o mostrou Carvalho em suas obras supracitadas.

O senhor está redondamente enganado e generaliza tudo por conta de alguns profissionais menos exemplares. Aliás, o senhor parece mesmo gostar de ser maniqueísta e generalizador. Adora o reducionismo.

É EXATAMENTE o contrário o que acontece! Poucos são os profissionais de valor na terra dos tupinambás. E uma das coisas que percebi no Olavo nesses anos de acompanhamento é que ele detesta reducionismos. Mas o doutíssimo Fessô disso não sabe.

Espero que o senhor tenha a digniodade de comentar esse meu e-mail em seu Talkshow, pois desconfio que só atende aos aduladores que lhe escrevem.

Elogiar não é adular, caro ignaro. E o Olavo recebe críticas em seu programa. Mas onde entra a “dignidade” em colocar tão tosca missiva no ar? Esse professor não bate bem da cabeça.

Mais educação, menos generalizações . Conheça as pessoas antes de fazer juízo das mesmas por tolices.Sem mais,bastante decepcionado:

O Olavo discute idéias antes de pessoas. Mas como bom acadêmico brasileiro que é, o Prof. Arthur Arbítrio entende uma crítica de idéias como um argumentum ad personae. Não é de se estranhar que com tal paspalhice, o ensino universitário no Brasil seja a droga que é.

Wednesday, January 03, 2007



2007. O segundo mandato lulista já começou. Já esquento minhas baterias!

Tuesday, October 31, 2006

Dúvida Cruel


Como 58.293.239 pessoas puderam ser tão estúpidas?

Thursday, October 19, 2006

"SÃO PAULO (Reuters) - O presidente-candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse que, caso seja comprovado que o dinheiro para compra do dossiê contra tucanos saiu da sua campanha, ele estará sujeito à punição da Justiça eleitoral.
As declarações foram feitas durante sabatina realizada pelo jornal Folha de S.Paulo na quarta-feira em Brasília e publicada na edição desta quinta-feira."
No rumo em que as coisas estão, eu acho que o Lula deveria se preparar para pagar judicialmente a sujeira. Aliás,ele poderia prestar um enorme serviço à Nação e assumir logo que chefia uma quadrilha e émembro do Foro de São Paulo. Deveria dizer também o que faz e qualafinalidade do FSP. Se fizesse isso, seria um benefício enorme para o Brasil.

Saturday, October 14, 2006

Thursday, October 05, 2006

Um pouco de Humor...



Valeu mais uma vez, Fábio!

Tuesday, September 26, 2006

"SÃO PAULO (Reuters) - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou nesta segunda-feira, em ato de apoio à candidatura de Geraldo Alckmin (PSDB), que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) errou ao se comparar a Jesus Cristo, em comício no domingo, em Sorocaba. Para FHC, Lula, ao contrário, é o "demônio" e precisa ser afastado do poder.
Durante o "Ato por um Brasil Decente", que reuniu tucanos e pefelistas em um clube de São Paulo, o ex-presidente comentou que Lula tem por hábito afagar ex-integrantes do governo ou do partido envolvidos em denúncias de corrupção."
Diziam que não,mas as chances de 2º turno aumentam. Tomara que tenha!!!
Antes de mais nada: é claro que FHC não é um Hugo Chávez. É muitomelhor do que o Chávez, apesar de ser um canalha. Isso foi pura retórica político-eleitoral.
Ah, e não estou defendendo o FHC.